05 dicas para um bom escaneamento intraoral - be-in digital solutions

05 dicas para um bom escaneamento intraoral

REDES SOCIAIS 2 (18)

Como garantir a máxima qualidade no escaneamento intraoral?

Confira as 05 dicas que separamos para você e garanta a melhor captura para os seus trabalhos!

  1. Profilaxia prévia: ausência de placa, cálculos e boa higienização contribuem muito para realização de um bom escaneamento. Gengivas saudáveis minimizam possibilidade de sangramento na hora do escaneamento.
  2. Bom afastamento: tanto afastamento gengival quanto afastamento das mucosas e língua são fundamentais para captura de imagens com qualidade durante o escaneamento, pois propiciam melhor visualização das estruturas a serem capturadas.
  3. Meio bucal seco: quanto mais seca a área a ser escaneada, melhor será o resultado do escaneamento. A saliva promove uma barreira de reflexão da luz emitida pelo conjunto ótico do scanner, atrapalhando a formação das imagens tridimensionais.
  4. Técnica de escaneamento: quanto mais regular forem a velocidade, o distanciamento e o posicionamento da ponteira, melhor será o resultado.
  5. Habilidade do operador: o escaneamento intraoral é totalmente operador dependente. Pode ter o melhor scanner do mundo e todos os requisitos acima seguidos, mas se o operador não tiver domínio do equipamento, o escaneamento será prejudicado.

Compartilhe este post!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp