Qual o melhor Scanner Intraoral (IOS) disponível no Brasil? - #sejadigital com a be-in

Qual o melhor Scanner Intraoral (IOS) disponível no Brasil?

Com um título desses, todos já pensam que é possível fazer um ranking do melhor para o pior, mas na minha opinião, isso é uma grande bobagem.

No mercado brasileiro já estão disponíveis mais de 10 marcas. Dessas, podemos nos concentrar nas principais, como 3Shape, Carestream, Dental Wings, Dentsply Sirona, ITero, Medit e Planmeca, pois são marcas mundiais com áreas de pesquisa e desenvolvimento altamente estruturadas e investimentos constantes.

Atenção! Todas as marcas acima citadas são comprovadamente boas! O que muda é o perfil do usuário.

Focando nelas, o que devemos avaliar em um scanner intraoral (IOS)?

Começamos pelos hardwares.

Os hardwares nos IOS são a parte física do scanner, ou seja, a pistola, onde está o conjunto óticocabos e adaptadoresAlguns scanners vêm acompanhados do computador, tela e software em uma única unidade. São eles, Virtuo (Dental Wings), Omnicam e Prime Scan (Denstply Sirona) e ITero (Align). Para outros scanners é necessária a aquisição do computador a parte como Trios (3Shape), CS 3600 (Carestream), i500 (Medit) e Emerald (Planmeca). Alguns scanners têm as duas opções, com ou sem telas e computador com softwares acoplados. São eles, o Virtuo (lançamento da versão portátil previsto para o Ciosp 2020), o Trios (disponível no Brasil) e ITero (não disponível no Brasil).

O que isso importa? Basicamente a possibilidade de ser ou não portátil, podendo levar de um lugar ao outro com maior ou menor facilidade. No caso dos que vem com computador e scanner em uma única unidade, vejo como certa desvantagem, não somente pela portabilidade, mas se qualquer coisa falhar, desde tela, teclado, software, você ficará sem utilizar o scanner. Já nos  portáteis, onde tudo é separado, se acontecer alguma coisa com o computador (representa 90% dos problemas com scanners) é só substituir por outro e continuar a utilizá-los.

Agora os softwares.

Hoje os hardwares chegaram a uma semelhança muito grande e o diferencial com certeza está nos softwares. Aí sim, as diferenças são mais evidentes. Aqui você precisará ficar atento para avaliar se as ferramentas que o software te oferecerá são importantes para sua clínica diária.

Quais as principais características que diferenciam as 4 principais marcas disponíveis no Brasil?

Vou explicar de maneira bem sucinta e generalista, caso contrário, esse post não terá mais fim, mas se quiser tirar mais dúvidas, mande-me uma mensagem que tentarei responder.

3Shape: é uma marca dinamarquesa que surgiu no início dos anos 2000. Seu primeiro scanner intraoral foi lançado há cerca de 10 anos. Um pouco antes tinham somente o scanner de bancada. De lá pra cá, desenvolveram 4 principais versões. No Brasil está disponível até a versão 3, chamada de Trios3, mas fora do país, já tem a versão Trios4, sem previsão para nosso mercado, pois como sabemos as barreiras regulatórias no Brasil, não oferecem agilidade para disponibilizar produtos simultaneamente com mercados mais ágeis.

Pontos fortes: precisão, velocidade, alta qualidade, ergonomia, leveza, portabilidade, design, ferramentas de software amplas e atualizações constantes. Excelente para quem gosta de usar recursos avançados em casos de reabilitações. Modelo cart e portátil. Ponteiras autoclaváveis.

Pontos fracos: licença anual paga obrigatória, necessidade de computador muito potente para rodar o software encarecendo o produto. Assistência técnica do hardware fora do Brasil e suporte técnico nível 1 e 2 prestados por distribuidores. Precisa de calibrador e depende de internet recorrente para estabilidade. Ponteiras de tamanho único.

A boa notícia é que segundo a empresa, no segundo semestre de 2020 está prevista a implementação da assistência técnica do hardware no Brasil.

Perfil do usuário: profissionais de todas as especialidades que exploram e aproveitam todos os recursos possíveis disponíveis. Ferramentas de alta qualidade disponíveis para todas as especialidades. A 3Shape é uma empresa dedicada ao desenvolvimento de novas ferramentas constantemente com atualizações frequentes apesar de em 2019 ter tido somente uma.

Carestream: originalmente americana, líder em imagem no mundo, conhecida como “antiga Kodak”. No meio odontológico a marca tem maior penetração com os radiologistas por conta dos tomógrafos e raio x panorâmicos. Recentemente adquirida por um grupo de investidores ingleses com bastante fôlego para investir em P&D. No Brasil trabalham com o modelo CS 3600, mas na Europa, Estados Unidos e Ásia já tem disponível o modelo CS 3700, mas sem muita diferença para o modelo atual.

Pontos fortes: não tem licença obrigatória, precisão, rapidez, qualidade, ergonomia, leveza, portátil, software intuitivo, suporte técnico de qualidade quando feito através de distribuidores. Assistência técnica do hardware no Brasil. Não precisa de calibrador nem de internet para estabilidade. Necessidade de computadores menos robustos para rodar o software. Ponteiras autoclaváveis com 3 tamanhos (somente 2 tamanhos disponíveis no Brasil)

Pontos fracos: interface do software menos atraente, visualizador de arquivos deficiente, ausência de aplicativo ou webviewer e assistência técnica direta com fabricante deficiente.

Perfil do usuário: profissionais mais práticos e objetivos que trabalham em todas as especialidades e buscam facilidade e recursos.

Dentsply Sirona (Cerec): originalmente alemã, a Sirona foi a primeira empresa a desenvolver scanners intraorais, sendo o primeiro em 1985 e segue desde então líder mundial em cadcam. Ao longo dos anos foram lançados vários scanners iniciando com o Cerec 1, passando pelo 2 e 3, até os  Bluecam e Omnicam, esses dois últimos com maior representatividade no país, pois são comercializadas no Brasil, cada um em seu tempo desde 2010 quando a empresa foi estabelecida por aqui. Recentemente foi lançada o Prime Scan, scanner com software robusto de velocidade que impressiona e alta definição nas imagens.

Pontos fortes: não tem licença obrigatória, qualidade, leveza da ponteira (Omnicam), software simples e intuitivo, suporte técnico integral no Brasil. Não precisa de internet para estabilidade. Ponteiras autoclaváveis ou descartáveis apenas no modelo Prime Scan.

Pontos Fracos: modelo somente cart, ausência de ponteiras autoclaváveis, de um único tamanho (Omnicam). No caso do Prime Scan a ergonomia mais deficiente pelo tamanho e peso do scanner.

Perfil usuário: profissionais que tem perfil chairside, ou seja, que além de escanear, tem como preferência desenhar suas próteses e produzí-las in-house.

ITero: produzido pela Align, empresa americana, o Itero é um scanner originalmente dedicado aos ortodontistas. Como os alinhadores da marca Invisalign são produzidos na Costa Rica, o scanner tornou-se um excelente equipamento para que os usuários de Invisalign passassem a substituir as  moldagens analógicas pelas digitais e assim reduzir tempo e melhora na qualidade dos planejamentos e execuções de casos. Recentemente, a empresa passou a investir na área restauradora e desenvolveu software para restauração que passou a ser disponibilizado nos scanners da marca.

Pontos fortes: constante desenvolvimento de novas ferramentas digitais voltada aos tratamentos ortodônticos com mais de 20 anos na área de oraltech, em especial alinhadores. Softwares e ferramentas protegidos por patentes que apesar de recentemente terem começado a cair, anualmente criam novas.

Pontos fracos: mensalidade obrigatória, pesado, poucas ferramentas para restauração e implantes em relação aos outros. Ponteiras grandes com difícil acesso em algumas áreas para captura, descartáveis, encarecendo o escaneamento. Disponível no Brasil somente a versão cart. Necessidade de internet para estabilidade.

Perfil usuários: profissionais dedicados exclusivamente à ortodontia. Apesar de estarem desenvolvendo ferramentas para outras especialidades, elas são bem mais robustas para a especialidade de ortodontia.

Enfim, qual o melhor scanner? Se eu pudesse, pegaria um pouco do hardware de cada um,  um pouco do software de cada um e montaria um pra mim.

Em uma próxima oportunidade, falaremos de outras marcas e modelos de scanners, que conforme citei acima considero de excelente qualidade, mas ainda com menor representatividade no mercado nacional.

Até mais!

Compartilhe este post!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp